Blog do Paulus: "Cálculo de Diâmetro para Lentes de Óculos"

"Cálculo de Diâmetro para Lentes de Óculos"

Esta matéria possui grande utilidade prática para o balcão de óptica, pois desvenda alguns mitos relacionados ao cálculo do diâmetro de lentes para óculos.

Existem diversas formas de se calcular o diâmetro mínimo de lentes com o objetivo de contribuir para um melhor resultado de espessura das lentes positivas em uma surfassagem.
O cálculo mais conhecido é: “Ponte + Aro + Diagonal Maior – DP + 2 mm de tolerância para o montador”, porém precisamos tomar cuidado pois este tipo de cálculo está voltado a reduzir igualmente as lentes OD e OE, sem levar em consideração possíveis diferenças entre as DNPs direita e esquerda.

Exemplo prático n°1:
Ponte: 22 + Aro: 47 + Diagonal Maior: 47 – DP: 58 + 2 mm de tolerância = Diâmetro: 60 em AO

Clique na imagem para ampliar, caso necessário.
No exemplo acima o diâmetro ficaria ótimo se a DP 58 significasse uma DNP de 29AO. Precisamos lembrar que 80% das pessoas possuem DNPs diferentes entre os olhos, portanto, se você usar o cálculo acima, sua possibilidade de erro no diâmetro exato será de 80%

Agora vamos imaginar uma situação muito comum, essa DP 58 significar uma DNP 26 em OD e 32 em OE. Nessa situação, aplicando o cálculo tradicional de diâmetro, a lente ficaria 6 mm maior no OD e 6mm menor no OE, portanto a lente de  OD ficaria espessa e o OE inviável de ser montado na armação após a surfassagem.         

Algumas ópticas e laboratórios para tentar resolver esta questão, fazem o cálculo de diâmetro da seguinte forma: Ponte + Aro + Diagonal Maior – Menor DNP X 2 + 2 mm de tolerância. Veremos este cálculo no exemplo prático n°2.

Exemplo prático n°2: (Vamos calcular o diâmetro pela menor DNP X 2, sendo que a DNP é 26 em OD e 32 em OE).

Ponte: 22 + Aro: 47 + Diagonal Maior: 47 – Menor DNP (26) X 2 + 2 mm = Diâmetro: 66 AO
O exemplo n°2  resolve apenas a redução otimizada do OD, mas não reduz suficientemente o diâmetro de OE que possui DNP 32. O resultado é o inverso do exemplo 1, pois a espessura maior passa a ser do OE, portanto sem equilíbrio estético.

Clique na imagem para ampliar, caso necessário.
Exemplo prático n°3: (Vamos considerar a DNP 26/32 mas vamos calcular o diâmetro para cada lente).

(Ponte: 22 + Aro: 47 + Diagonal Maior: 47) – ( DNP OD (26) X 2 )+ 2mm = Diâmetro: 66 OD           

(Ponte: 22 + Aro: 47 + Diagonal Maior: 47) – ( DNP OE (32) X 2 )+ 2mm= Diâmetro:  54  OE

Clique na imagem para ampliar, caso necessário.

No exemplo acima temos um cálculo otimizado de diâmetro levando em consideração as medidas pupilares individuais do usuário, tornando a surfassagem tanto tradicional quanto digital personalizada para redução de diâmetro e performance de espessura em lentes positivas.

Os melhores laboratórios calculam o diâmetro de suas lentes individualmente, portanto no pedido de lentes surfassadas positivas contamos com a sua colaboração no envio de todas as medidas da armação e da DNP ao invés da DP.

Na área de downloads do Blog do Paulus temos uma planilha gratuita para cálculo de diâmetro.

A planilha está numa página da web, então você pode salvá-la em seus favoritos e calcular os diâmetros online. Caso queira fazer o download, basta seguir a instrução abaixo.

Para fazer o download de "Cálculo de Diâmetro p/ Lentes de Óculos" clique no botão abaixo:




Matéria escrita por Paulus Maciel. Direitos Reservados.

AJUDE O BLOG A SOBREVIVER. USE O PAY PAL E DOE R$10,00 COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA FAZER A SUA DOAÇÃO SEGURA.

 

Licença Creative Commons
Cálculo de Diâmetro para Lentes de Óculos está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Sessão de Comentários

Atenção!
Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

recomendamos a leitura

Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença