Blog do Paulus: Tirando fotografias com óculos. Uma matéria de Carl Zeiss Vision.

Tirando fotografias com óculos. Uma matéria de Carl Zeiss Vision.


Tirando fotografias com óculos
Quando se usa óculos é preciso fazer uma escolha difícil: tirar fotos com ou sem eles?



 Matéria escrita por Carl Zeiss.


Quando vai tirar uma foto todo o fotógrafo tenta, naturalmente, olhar o mais próximo possível pelo visor da máquina para obter a melhor imagem. Mas essa ação fica complicada para usuários de óculos. Contudo, não há nenhum problema em tirar ótimas fotos usando óculos se prestar atenção em algumas coisas.

Algumas pessoas gostam de tirar fotos de paisagens, enquanto outras preferem tirar retratos de pessoas. A fotografia é um dos hobbies mais adorados no mundo. Quando se usa óculos, é preciso fazer uma escolha difícil: tirar fotos com ou sem eles? Para quem tira fotos com um smartphone ou uma câmera digital simples, isto não é um problema. É só olhar para a imagem no monitor e apertar o botão. Com as câmeras digitais modernas "single-lens reflex" (SLR), é possível tirar fotografias com ou sem óculos.
Câmeras com lentes corretivas
Com uma câmera digital SLR, a dioptria do visor pode ser ajustada perfeitamente à visão do fotógrafo. Aproximadamente 90% de todos os usuários de óculos conseguem se adaptar sem problemas a essa opção, sem precisar utilizar os óculos. Porém, adquirir uma lente corretiva só vale a pena se a sua deficiência visual for muito alta – acima dos 6 graus de dioptria. A lente corretiva é acoplada sobre o visor e permite que você veja com clareza sem os óculos.

Muitas câmeras digitais SLR também estão equipadas com a função LiveView. O monitor mostra diretamente o que o sensor visual vê e o que é guardado como foto quando o botão de captura for pressionado. Para verificar uma última vez se a imagem está focada, você pode dar um zoom do objeto com a função de aumento. Isso lhe permite ter certeza de que fotografou o objeto com perfeição.

As pessoas com presbiopia - conhecida como "vista cansada", esse problema de visão ocorre com nas pessoas por volta dos 40 anos  - tem uma verdadeira vantagem quando fotografam sem óculos. É verdade que essas pessoas não têm uma visão de perto muito boa e precisam segurar o jornal o mais longe possível para poderem ler. Contudo, visto que o poder de refração do visor pode ser calibrado para que objetos a uma distância de um metro fiquem focados, este problema de visão é resolvido. A pessoa conseguirá ver com clareza e nitidez, não havendo nada que o impeça de tirar uma fotografia.

Leve sua câmera em sua consulta com o oftalmologista
Se você prefere não tirar os seus óculos, precisará de algum tempo de adaptação. As pessoas que tiram fotografias com frequência tentam olhar o mais perto possível do visor da câmera e as lentes dos óculos atrapalham. O centro fica dentro do foco, mas os cantos da lente ficam um pouco embaçados. Um prisma de um revendedor especializado pode ajudar neste caso, ele garante uma visão nítida mesmo nos cantos da lente. Usuários de lentes progressivas também precisam de um pouco de prática. Primeiro, eles devem encontrar a zona dos óculos através da qual eles conseguem ver melhor quando tiram fotografias. Dica: se vai comprar um novo par de óculos e planeja tirar fotos com frequência enquanto os usa, quando for ao oftalmologista, leve sua câmera com você.

Vidro mineral e um bom revestimento podem ajudar
Se tira fotografias frequentemente com óculos, você deve se lembrar de que a superfície dos seus óculos se desgasta quando entra em contato com o visor da máquina fotográfica. Dependendo do material, é possível que riscos apareçam com o tempo, particularmente no caso de lentes de plástico para óculos com antirrisco fraco. Muitos fabricantes de câmeras oferecem oculares de borracha. Como usuário de óculos, você deve prestar muita atenção nisto, as lentes de plástico são muito mais resistentes do que há alguns anos, mas ainda podem sofrer desgaste. Para quem tira fotografias com frequência enquanto usa óculos, as lentes de vidro mineral  são as mais indicadas, e um tratamento antirrisco também protegerá ainda mais as lentes.



Carl Zeiss
O grupo alemão Carl Zeiss é líder internacional no ramo óptico. Há mais de 164 anos, contribui para o progresso tecnológico mundial atuando nos mercados de microscopia, semicondutores, sistemas médicos, tecnologia industrial e tecnologia óptica para os consumidores. Com tecnologias e soluções inovadoras, a Carl Zeiss é líder mundial na produção de semicondutores, tecnologia industrial, microscopia, óptica oftálmica e óptica optrônica. Cerca de 24.000 colaboradores geraram, no ano fiscal 2010-11, um faturamento de 4.237 bilhões de euros. A sede da companhia está localizada em Oberkochen, Alemanha.

Carl Zeiss Vision
O setor óptico da Carl Zeiss reúne competências e soluções oftálmicas com uma marca de força internacional.Esse setor investe em pesquisas tecnológicas e desenvolve produtos e serviços da mais alta qualidade. Em 2012, a empresa comemora 100 anos de suas lentes de precisão. Com cerca de 11.500 colaboradores, esse setor da Carl Zeiss é líder mundial em fabricação de lentes para óculos. Somente no exercício 2010-11 gerou um rendimento de 849 milhões de euros. Com um portfólio completo de produtos ópticos, a empresa conta com  35 centros de distribuição, mais de 100 representações e 15 centros de produção distribuídos entre Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia. A Carl Zeiss Vision é hoje a empresa líder em tecnologia e inovações óticas e de alta precisão. Para saber mais sobre a Carl Zeiss Vision, acessehttp://www.zeiss.com.br/melhorvisao.

Sessão de Comentários

Atenção!
Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

recomendamos a leitura

Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença