Blog do Paulus: Escolha o lensometro ideal para a sua necessidade

Escolha o lensometro ideal para a sua necessidade


O objetivo desta matéria é contribuir para que você reúna informações suficientes para escolher o lensometro ideal para as suas necessidades. 

Equipamento indispensável em ópticas e laboratórios, o lensometro ainda é considerado "complexo" pelos profissionais ópticos. Complexo em duas situações, a primeira é sobre como escolher o melhor lensometro para trabalhar e a segunda é como operá-lo de forma prática e eficiente.

Sobre como operá-lo, sugerimos a leitura de uma matéria consagrada no Blog do Paulus chamada "Entendendo a Lensometria". Neste post você terá todas as instruções para operar um lensometro e conseguir com facilidade a leitura das dioptrias das lentes de óculos. Para acessar esta matéria, clique AQUI.


O lensometro é um equipamento de presença obrigatória em ópticas e laboratórios, segundo a legislação brasileira. Cientes tanto da legislação quanto da importância da utilização, profissionais ópticos adquirem lensometros para as suas lojas ou laboratórios. A questão que vamos levantar na matéria é sobre qual o lensometro ideal.


Antes de comprar um lensometro, sugiro que você responda a seguinte pergunta: 
  • Sua utilidade será no balcão da loja, no laboratório de montagem ou em ambos?  
Caso a sua resposta seja "balcão da loja", sugerimos a compra de um lensometro de fácil e rápida leitura. Agora, o Blog do Paulus vai apresentar as sugestões para esta necessidade.

Para a leitura das dioptrias, precisamos trabalhar a nitidez das retículas do lensometro. Retículas são imagens sobrepostas ao mostrador do lensometro que representam a luz refratada na lente de determinada dioptria. Quando deixamos esta retícula nítida, isso significa que a dioptria "x" da lente lida é a ideal para a "formação" daquela determinada imagem. Quando a retícula fica nítida, obtemos a leitura das dioptrias.
Clique na imagem para ampliar.

Existem vários tipos de retículas onde as mais conhecidas são as de "cruz" e as de "círculos".  Após vários anos acompanhando a utilização de lensometros pelos profissionais ópticos e também de acordo com as minhas próprias experiências, afirmo que a retícula de "círculos" é a mais rápida e fácil de ser lida. A retícula em círculos é ideal para lensometros cuja utilização é feita no balcão de loja.


Clique na imagem para ampliar.

Caso o lensometro seja para um laboratório de montagem, sugerimos a opção de leitura em cruz, pois apesar de ser "mais lenta" se comparada a leitura em círculos, os lensometros em cruz são mais fáceis de encontrar com funcionalidades extras, tais como compensador prismático para ler dioptrias mais altas. A retícula em cruz também é a preferida entre os técnicos pois o formato de cruz torna mais precisa a medição de prismas, tanto prescritos quanto os induzidos nas lentes multifocais progressivas.

Caso o amigo venha a comprar 2 lensometros, deixe um de retícula em círculo no balcão para uma leitura prática e rápida e deixe o de retícula em cruz em seu laboratório de montagem. Caso você compre 1 lensometro para transitar entre o balcão e o laboratório de montagem, adquira o de leitura em cruz. Caso estivesse no seu lugar, compraria 2, um em cruz outro em círculo.

Agora que já decidimos as retículas, vamos escolher qual tecnologia de lensometro é mais útil e/ou viável.

Existem duas tecnologias de lensometros:
1.      Manual (leitura interna ou externa)
2.      Digital (leitura externa)



Existem lensometros manuais tanto com retículas em cruz quanto em círculos. Você pode optar também pelo método de leitura interno ou externo.

A leitura interna significa que os valores das dioptrias vão aparecer dentro do mostrador do lensometro, assim você pode observar esses valores durante o processo de leitura. Lensometros em cruz são fáceis de encontrar para aquisição tanto em leitura interna quanto externa.

Leitura interna em cruz. Clique na imagem para ampliar.


 A leitura externa significa que os valores das dioptrias vão estar marcados nos próprios botões giratórios do lensometro, indicados por uma seta fixa. A vantagem deste tipo de leitura é poder anotar as graduações na ordem de serviço sem ter que olhar novamente para o mostrador do lensometro. Você irá encontrar grande variedade de lensometros com leitura externa, principalmente com retícula em círculo.
Leitura externa em círculo. Clique na imagem para ampliar.
A maioria dos lensometros manuais são alimentados por fonte de eletricidade fixa, isso é você liga a fonte do equipamento na tomada para usar o lensometro. Muitos são encontrados também com alimentação a pilha, o que facilita a mobilidade do equipamento na loja. Se comprar com opção a pilha, use sempre alcalinas e retire-as quando o equipamento estiver ocioso.

Fiz uma breve pesquisa e captei que os preços de lensometros manuais variam de R$1.500,00 até R$9.000,00.

Os lensometros digitais são praticamente automáticos. Basta salvar as suas preferências de leitura na memória do equipamento para que os resultados das dioptrias sejam revelados em segundos ou fração de segundos.

Dificilmente os lensometros digitais são encontrados em laboratórios de montagem. Quando encontrados em labs. de montagem, os montadores o esquecem e procuram o primeiro manual que aparece pela frente.

Normalmente os digitais possuem dois destinos: balcão (rapidez e sofisticação) ou laboratório de surfaçagem digital (certificação da produção).

Os lensometros são ligados, via fonte, a energia elétrica, sem opção de pilhas. A leitura de um lensometro digital é extremamente sensível, por isso variações de corrente elétrica devem ser evitadas, portanto ao adquirir um lensometro digital utilize um estabilizador de voltagem ou um no break com estabilizador embutido.
Lensometro digital.

Apesar de ser considerado, segundo pesquisa realizada em rede social, o lensometro preferido entre os profissionais ópticos existem dois fatores que influenciam na pouca frequencia dos lensometros digitais nos estabelecimentos:
  1. Preço elevado, se comparado ao lensometro manual
  2. Receio dos profissionais quanto ao setup do equipamento
Fiz uma breve pesquisa e captei que os preços de lensometros digitais variam de R$5.000,00 até R$20.000,00. Quanto ao setup, cada lensometro digital possui uma particularidade. Exija o manual de instruções traduzido em língua portuguesa e tente contar também com a ajuda de alguém mais experiente para este ajuste.

Em breve o Blog do Paulus fará uma matéria mostrando todas as funcionalidades de um lensometro digital, quebrando assim mitos ou receios em torno deste equipamento tão moderno e eficaz. Aguardem!

Quero esclarecer que esta matéria visa auxiliar o profissional óptico na aquisição de um lensometro que contemple as suas necessidades. Dentro da mesma gama de lensometro (tecnologia e tipo de leitura) existem vários equipamentos disponíveis com vários preços e funcionalidades adicionais. Cabe ao óptico e ao vendedor do equipamento o diálogo comercial para a argumentação e aquisição do equipamento.

Quanto a parte funcional, o Blog do Paulus estará pronto para te ajudar na escolha, através desta e de outras matérias relevantes.

Espero ter contribuído para que você escolha um lensometro ideal para as suas necessidades.


As imagens contidas nesta matéria são meramente ilustrativas.

Matéria escrita por Paulus Maciel. Direitos reservados.

AJUDE O BLOG A SOBREVIVER. USE O PAY PAL E DOE R$10,00 COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA FAZER A SUA DOAÇÃO SEGURA.

 

Licença Creative Commons
Escolha o lensometro ideal para a sua necessidade está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Sessão de Comentários

Atenção!
Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

recomendamos a leitura

Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença