Blog do Paulus: Lentes de contato e óculos: estilo, visão e conforto

Lentes de contato e óculos: estilo, visão e conforto


Usar lentes de contato requer todos os cuidados relacionados à escolha da melhor lente e formas de uso. É fundamental aliar as opções existentes no mercado com o seu estilo de vida, proporcionando uma experiência agradável, além de facilitar os processos de higienização e troca das lentes. Hoje podemos corrigir cerca de 90% dos problemas visuais com lentes de contato.

A indicação ao uso de lentes de contato leva em conta três principais fatores:

  1. Saúde ocular: Após o exame clínico e uma avaliação da saúde ocular (exames oftalmológicos/refração) será indicado o uso das lentes de contato. Se houver qualquer quadro de patologias (conjuntivite ou inflamações) será descartada a adaptação até o final do tratamento. Algumas patologias requerem o uso de lentes de contato também para a finalidade terapêutica/ tratamento. O Técnico em Óptica que adapta as lentes na loja deve realizar uma anamnese (questionário) com o cliente antes da adaptação e avaliar a possibilidade ao indicar a melhor lente para cada caso.
  2. Refração (correção do grau): Cada tipo de grau pede um desenho de lente específico.
    A partir disso e com a prévia do exame clinico, escolhe o tipo de material e higienização/ descarte das lentes.
  3. Rotinas/ Modo de uso e descarte: Cada cliente tem uma forma de usar suas lentes de contato. Em alguns casos a indicação ao uso de lentes de contato é absoluta (casos onde a correção com lentes de contato é melhor que a correção com óculos, terapêutica nos casos de patologias oculares ou mesmo altas dioptrias) ou seja, o uso das lentes de contato é para todos os dias por
    um período de horas maior. Outros casos são para prática esportiva, eventos ou mesmo uso esporádico. É imprescindível adequar o uso a sua necessidade para melhor indicar o material/ tipo de lente mais adequado.

Após a melhor escolha e indicação pelo profissional, adequando às necessidades/ rotinas do cliente, vale ressaltar:

  1. O uso dos óculos não é descartado: Mesmo nos casos de indicação absoluta, os óculos são necessários. O uso de lente de contato requer um descanso, ou seja, revezar o uso com os óculos. Isso se dá ao fato de que a anatomia ocular precisa de um tempo para oxigenação da córnea (primeiro meio ocular onde as lentes são adaptadas) e metabolismo fisiológico (pálpebras, lagrima e conjuntiva). O uso das lentes de contato sem essa pausa (ao menos um dia da semana completo usar os óculos, ou usar as lentes de contato por 12h e os óculos a noite ao chegar em casa) pode acarretar patologias serias como inflamações na córnea( ceratites) e na conjuntiva (conjuntivites). O profissional óptico deve orientar a melhor escolha das lentes e armação para os óculos bem adaptado e para uso nos períodos de descanso. Lembrando que: óculos devem ser atualizados com o mesmo grau das lentes de contato.
  2. Óculos solares são fundamentais: As lentes de contato possuem proteção UV, porém
    o olho está mais exposto às radiações solares devido ao aumento de sensibilidade com o uso das lentes de contato. No caso das lentes rígidas (as duras como são conhecidas) a sensibilidade a claridade pode ser maior. Escolher óculos solares de ótima qualidade, proteção u.v e garantia de ajustes periódicos na ótica de sua preferencia é imprescindível ao melhor uso de suas lentes de contato.
  3. Lentes para óculos e suas tecnologias de proteção: lentes para óculos 
    podem também proteger os olhos contra a fadiga provocada pela luz azul nociva dos monitores de dispositivos digitais e também podem proteger os olhos da radiação UV e da luminosidade excessiva em ambientes externos com a tecnologia fotossensível. A Carl Zeiss criou a linha de lentes EnergizeMe destinada aos usuários de lentes de contato que precisam usar óculos que possam proporcionar extremo conforto, redução da fadiga e descanso aos olhos durante a pausa de uso das lentes de contato. Tecnologias que contribuem para o bem estar do usuário podem ser agregadas como a propriedade fotossensível Photofusion bem como o antirreflexo especial que controla a luz azul dos computadores Duravision Blue Protect.

Erros comuns: A maioria das pessoas que optam por lentes de contato não quer mais os óculos. Ou compra óculos de qualidade inferior, armações de origem duvidosa ou não atualizam as lentes conforme a receita nova. Além de não usarem óculos solares.  Quando usam, compram apenas pela estética ou preço. Todo cuidado com isso. Além de esticarem o uso das lentes de contato (de 1 mês vira três). Os óculos devem sempre estar atualizados e de preferência com lentes de boa qualidade e armações em bom estado. 

Caso precise ir ao oftalmologista ou tenha alguma irritação ocular será necessário ficar sem lentes de contato e em alguns casos sem elas ou sem óculos não se faz possível. Óculos solares de má qualidade podem acarretar sérias patologias na retina e o uso exagerado de lentes de contato pode desenvolver patologias crônicas e com o tempo, ser descartado o uso de lentes.

Demonstre sua reação em relação a esse artigo:

AJUDE O BLOG A SOBREVIVER. USE O PAY PAL E DOE R$20,00 COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA FAZER A SUA DOAÇÃO SEGURA.
 

Licença Creative Commons
"Lentes de contato e óculos: estilo, visão e conforto" está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.



Imagens desta postagem são meramente ilustrativas e obtidas pela internet.

Sessão de Comentários

Atenção!
Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

recomendamos a leitura

Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença