Blog do Paulus: Cientistas australianos criam óculos para ajudar pessoas com insônia e falta de adaptação ao fuso horário

Cientistas australianos criam óculos para ajudar pessoas com insônia e falta de adaptação ao fuso horário

Quem viaja muito para lugares com fusos horários diferentes sente os efeitos de um fenômeno conhecido como jet lag: em resumo, o cérebro acaba ficando fora de sincronia com o horário real. O Re-Timer, criação do professor Leon Lack, é um dispositivo que “reseta” o cérebro e evita que a sensação de descompasso entre tempo biológico e tempo real cause incômodo.

Acredita-se que o jet lag seja causado porque a percepção da luz solar pelo cérebro tem seu ciclo alterado devido à diferença de fuso horário. O Re-Timer emite uma suave luz verde, que "engana" o cérebro e mantém o ciclo circadiano da mente em ordem. Este ciclo é responsável por manter diversos ritmos de funcionamento do organismo.

O Re-Timer foi desenvolvido após 25 anos de pesquisas sobre o sono na Universidade Flinders, na Austrália. De acordo com os desenvolvedores do aparelho, ele deve ser utilizado por durações definidas e em horários delimitados. Dependendo da necessidade, esse uso programado do aparelho atrasa ou adianta o horário de percepção do cérebro, evitando que o jet lag se manifeste.

O dispositivo pode ser adquirido online por cerca de US$ 260 (R$ 545 aproximadamente). De acordo com o seu idealizador, o aparelho funciona melhor que medicamentos e não tem nenhuma contraindicação.

Fontes: Globo.com e http://re-timer.com


Sessão de Comentários

Atenção!
Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

recomendamos a leitura

Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença