Blog do Paulus: Parte 9 - Solucionando Problemas na Venda e Adaptação de Óculos

Parte 9 - Solucionando Problemas na Venda e Adaptação de Óculos

Matéria escrita por Paulus Maciel. Direitos Reservados.

A oitava parte da série de matérias sobre solução de problemas na venda e adaptação de óculos vai abordar sobre "tratamento antirreflexo danificado".

As principais causas para um tratamento antirreflexo ficar danificado são:
  1. Mal uso na limpeza ou armazenamento
  2. Alta temperatura
  3. Longa utilização da lente
  4. Produto de má qualidade
De acordo com as experiências práticas que tive sobre análise de antirreflexo, o mal uso é com certeza a causa mais frequente para danificar um antirreflexo. Antes que a polêmica seja instalada, quero deixar claro que não estou atribuindo totalmente esta culpa ao consumidor, mas também divido a mesma com o profissional óptico que vende o antirreflexo e não orienta seu cliente em relação aos cuidados que devem ser tomados na limpeza das lentes e acondicionamento do óculos.

Quando um consumidor adquire um produto eletrônico, por exemplo, consta em seu manual todos os termos de validade da garantia, mantendo assim o comprador informado sobre seus direitos e deveres. Com uma lente antirreflexo, não pode ser diferente.

Na imagem abaixo, temos os termos de garantia do antirreflexo Crizal Forte. Vamos usar os termos de garantia deste produto como exemplo, pois todas as lentes antirreflexo top de linha possuem certificados tão elaborados quanto este que está aqui. Para ler os termos do certificado abaixo, clique na própria imagem para ampliá-la.

TERMO DE GARANTIA ANTIRREFLEXO CRIZAL FORTE

A grande maioria (chego a afirmar que é mais de 80%) dos profissionais ópticos, não apresentam e não fazem a leitura das recomendações de uso das lentes antirreflexo, recomendações essas que constam claramente nos certificados.

É BONITINHO MAS PODE SER FATAL AO ANTIRREFLEXO
Quem avisa, amigo é. As ópticas que adotam o procedimento da leitura dos termos de garantia das lentes antirreflexo, recebem menos queixas sobre produtos danificados. Esta diminuição na queixa se deve principalmente a conscientização do cliente sobre a importância da boa utilização de suas lentes de óculos. Outro ponto também que pode ser considerado importante na redução das queixas é quando temos certeza que o cliente foi informado sobre a cobertura da garantia, isso é, o que se considera ou não mal uso das lentes montadas no óculos.

Faça com que a apresentação e a leitura dos termos do certificado de garantia das lentes antirreflexo se torne um hábito no procedimento da entrega dos óculos ao consumidor. Algumas lojas chegam a colher a assinatura do cliente, atestando o recebimento do certificado e seus termos por ele. Pode parecer uma medida extrema, mas dá um resultado extremamente positivo para a loja.

O certificado da imagem acima, dá uma verdadeira aula sobre os cuidados que devem ser tomados no manuseio, limpeza e acondicionamento do óculos. Existem alguns pontos que podem gerar dúvidas adicionais por parte do profissional óptico:

A lente antirreflexo pode ser lavada com água morna?
DETERGENTE NEUTRO
  • Sabendo que a água morna leva vantagem na eficiência da lavagem da lente, muitos usuários utilizam este recurso. Algumas lentes antirreflexo de alta qualidade, na prática, não danificam na água morna, porém a melhor coisa a se fazer é ter um pouco mais de paciência e lavar com água fria, conforme orientação, neste caso bem precavida, dos fabricantes.
Com qual produto de limpeza eu posso lavar minhas lentes antirreflexo?
  •  Detergente neutro de boa procedência. Qualquer produto de limpeza que tenha o PH alto, pode ser uma ameaça a vida útil da lente antirreflexo, portanto o detergente líquido não basta ser "neutro" e sim de uma marca confiável. Não use em hipótese alguma sabonetes perfumados ou com creme hidratante e também nunca use sabão em pó, pedra ou barra.
Posso usar papel higiênico para secar as lentes que lavei?
  • Desde de que este papel seja macio.
Se eu não tiver como lavar, eu posso limpar as lentes com lenço?
  •  Recomenda-se o uso do lenço de limpeza fornecido pelo próprio fabricante da lente ou um lenço "tipo mágico" muito famoso hoje em dia. Os lenços precisam estar limpos, pois lenços sujos transferem sujeira para a lente e podem riscar as mesmas também. Uma vantagem do lenço "tipo mágico" em relação a maioria dos lenços dos fabricantes de lente é que eles são laváveis.
LENÇO MÁGICO
Como posso lavar o meu lenço mágico?
  • O lenço mágico deve ser lavado na pia, com água fria e detergente neutro. esfregue cuidadosamente com as mãos. Não coloque o lenço mágico na máquina de lavar junto com outras roupas e nunca use sabão em pó, amaciante ou alvejante. Após a lavagem com detergente neutro, enxague bem e deixe secar no varal de roupas, portanto não use secadora.
Posso usar buchinha ou palha de aço para esfregar a lente durante a lavagem?
  • Não. Molhe suas próprias mãos, molhe todo o óculos, coloque no máximo duas gotas de detergente em cada lado das duas lentes e esfregue com os próprios dedos. Evite o contato de suas unhas com as lentes durante o processo. Caso suas unhas sejam compridas, esfregue a lente com uma bola de algodão macio, tomando cuidado para não esfarelar.
Posso colocar os óculos com lentes antirreflexo para lavar na máquina de ultrassom da loja?
MÁQUINA DE ULTRASSOM
  • Sim, tomando apenas cuidado com a substância de limpeza a ser colocada na água. Apenas lentes antirreflexo muito usadas, já danificadas ou de má qualidade podem ser danificadas no ultrassom, aliás, as únicas ocorrências de antirreflexo danificado no ultrassom foram nessas circunstâncias.
A alta temperatura pode danificar o antirreflexo em diversas situações:
  1. Na loja, ao ajustar uma armação de acetato na "caixinha de areia", diminua a temperatura quando a lente for de alto índice, principalmente 1.67 e 1.74. Existe uma grande possibilidade do antirreflexo aplicado no alto índice ser prejudicado quando se aproxima da temperatura da caixinha de areia. Experimente o ventilete ou se a única opção for a caixinha de areia, diminua a temperatura e tenha mais paciência, pois o ajuste neste caso vai ser mais demorado.
  2. Não exponha as lentes antirreflexo a temperaturas altas em quaisquer situações cotidianas, tais como painel de carro, secador de cabelo, banho quente, sauna, cozinha mal arejada, churrasqueira e ao se bronzear na praia (lentes incolores).
EVITE TEMPERATURAS ALTAS
Outro fator que pode danificar o antirreflexo é a sua longa vida útil. Após 24 meses de uso, as lentes antirreflexo começam a "perder" suas propriedades, começando pelas últimas camadas, as chamadas hidrofóbicas para aí sim danificar o antirreflexo. Isso pode ser percebido pelo óptico ou pelo consumidor através do "desbotamento" da cor do reflexo residual da lente, muitas vezes uma lente fica com o tom residual mais fraco ou mais forte do que a outra montada no mesmo óculos.

Por último, lentes antirreflexo de má qualidade, principalmente as lentes acabadas, apresentam uma durabilidade muito menor da tecnologia. Com uma durabilidade menor, mais rápido os sinais de danos vão aparecer. Algumas, lentes antirreflexo genéricas (nem todas) duram aproximadamente um ano se bem cuidadas, se mal cuidadas podem durar menos de três meses por serem mais frágeis as situações cotidianas do usuário. Para evitar isso, venda lentes antirreflexo de marcas confiáveis, mesmo as mais econômicas.

Você pode também curtir e compartilhar esta matéria através dos plugins das redes sociais, localizados na parte inferior desta postagem.

AJUDE O BLOG A SOBREVIVER. USE O PAY PAL E DOE R$10,00 COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA FAZER A SUA DOAÇÃO SEGURA.
 

Licença Creative Commons
Parte 9 - Solucionando Problemas na Venda e Adaptação de Óculos está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Sessão de Comentários

Atenção!
Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

recomendamos a leitura

Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença