Blog do Paulus: Entendendo e diferenciando as lentes ocupacionais

Entendendo e diferenciando as lentes ocupacionais

Objetivo:

Este artigo tem como objetivo esclarecer dúvidas sobre o conceito das lentes ocupacionais bem como a tomada de medidas das mais vendidas opções do mercado.

Denominação Correta:

Infelizmente alguns profissionais cometem o equivoco de chamar esta categoria de lentes de "Lentes Semiprogressivas" ao deduzirem que as mesmas são asféricas e não produzem dioptria de longe, apenas perto e intermediário.

Em superfície óptica asférica não existe "meio progressivo" ou "semi progressivo", existe progressão e/ou regressão. 

A progressão é utilizada para a fabricação de lentes multifocais, ocupacionais e anti fadiga. A regressão é utilizada para a fabricação de avançados designs de lentes multifocais digitais. Daí explica-se o equivoco também de chamar as lentes ocupacionais de regressivas.

Definição Técnica:

Progressão é quando a asfericidade da lente aumenta sua curvatura em direção a sua parte inferior. 

Regressão é quando a asfericidade da lente diminui sua curvatura em direção a sua parte inferior.

Lente multifocal = lente progressiva com adição pronta* e surfassada para obter a prescrição de longe.

Lente ocupacional = lente progressiva surfassada para obter a prescrição de perto.

Em suma: lentes ocupacionais são lentes progressivas, mas não são multifocais pois foram surfassadas de acordo com a graduação de perto do usuário. 

Qual seria o nome técnico mais adequado para essas duas categorias de lentes?

Multifocais = lentes multifocais progressivas
Ocupacionais = lentes ocupacionais progressivas

*"adição pronta" refere-se a lentes multifocais progressivas produzidas em método convencional, não em freeform.

Público Alvo:

 Dois terços da população presbita brasileira é emetrope em visão de longe, isso significa que 2/3 das receitas de presbitas que chegam aos laboratórios são: "Plano para longe com adição de...".

As lentes ocupacionais progressivas primeiramente tem como público alvo essas pessoas que provavelmente nunca usaram óculos e agora se deparam com uma dificuldade de enxergar para perto e média distância.

Dois grandes apelos dessas lentes perante óculos de perto comuns:

  1. Corrigem a visão de perto (receita) e ampliam a visão intermediária 
  2. Veste-se uma armação convencional, sem colocar o óculos na ponta do nariz
As lentes ocupacionais progressivas também tem como público alvo usuários de multifocal que desejam uma melhor postura e conforto durante a leitura e uso do computador por tempo prolongado. Temos então a venda adicional: um óculos com multifocal outro com ocupacional.

Funcionamento:

Atualmente estão disponíveis diversas marcas de lentes ocupacionais progressivas no mercado. Existem diferenças significativas entre elas, por isso vamos nos dedicar agora a entender cada uma delas.

Bloco semi acabado progressivo
1- Pré calculadas: blocos com progressões pré calculadas para ampliar o campo de visão de acordo com a adição. Da pupila até o início da graduação de perto esses produtos possuem progressões pré calculadas. Exemplos:
  • Essilor Interview 0,80 = para adições de 1,00 a 1,75 (bloco específico com progressão de 0,80 dioptria)
  • Essilor Interview 1,30 = para adições a partir de 2,00 (bloco específico com progressão de 1,30 dioptria)
  • Sola Access 0,75 = para adições até 1,50 (bloco específico com progressão de 0,75 dioptria)
  • Sola Access 1,25 = para adições a partir de 1,75 (bloco específico com progressão de 1,25 dioptria)
  • Hoya Desktop 40 = 40% amplo para perto, 60% para intermediário obtidos pela altura de montagem tirada na pupila do usuário. (mesmo bloco da versão 60)
  • Hoya Desktop 60 = 60% amplo para perto, 40% para intermediário obtidos pela altura de montagem 4mm abaixo da pupila do usuário. (mesmo bloco da versão 40)


Nota: você deve estar acostumado a chamar essa turma (0,75/0,80/1,25/1,30) de "regressões" (termo utilizado pelo mkt de algumas empresas), porém de acordo com a abordagem fisiológica, a asfericidade é produzida sempre após a pupila, considerada referência para a produção dos designs. Em suma, da marcação da pupila para baixo (altura) a asfericidade da lente gera progressão e não regressão, por isso chamamos esses valores de "progressões". 

Uau! 
Quantas formas diferentes de se fabricar/montar as lentes! 
Apesar das formas serem aparentemente diferentes, todas as lentes ocupacionais progressivas pré calculadas acima possuem a mesma dinâmica seja no bloco, seja na tomada de medida:
  • Deixar o maior valor da asfericidade (maior potência) próximo da pupila para privilegiar o campo de perto em detrimento do intermediário.
  • Deixar um valor um pouco menor da asfericidade (menor potência) próximo da pupila para privilegiar o campo intermediário em detrimento do campo de perto. 

     2- Freeform otimizadas: blocos de visão simples recebem cálculo de progressão na curva interna de acordo com a graduação de perto e o perfil ocupacional do usuário. Independente da adição, a progressão longa e confortável é "acelerada" na medida certa. Isso garante que nenhum campo seja prejudicado em detrimento do outro. Exemplos:
    • Zeiss Officelens Near = perfil para área de trabalho de 35cm até 2m.
    • Zeiss Officelens Room = perfil para área de trabalho entre 35cm até 4m.
    • Shamir Computer = perfil para área de trabalho até 1,5m.
    • Shamir Workspace = perfil para área de trabalho até 3,0m.
    Nas lentes ocupacionais progressivas freeform otimizadas, basta perguntar ao cliente qual a distância máxima que o mesmo precisa em sua área de trabalho e anotar na ordem de serviço se o perfil é Near, Room, Computer ou Workspace.

    Lembrando que no método freeform o campo visual é mais amplo, pois foi produzido na curva interna da lente, aproximando-o dos olhos do usuário. As distorções neste tipo de lente que são mínimas passam praticamente despercebidas.



    3- Freeform personalizadas: blocos de visão simples recebem cálculo de progressão na curva interna de acordo com a graduação de perto e o perfil ocupacional do usuário baseado na exata distância de trabalho informada pelo cliente em seu atendimento. Independente da adição, a progressão longa e confortável é "acelerada" na medida certa. Isso garante que nenhum campo seja prejudicado em detrimento do outro. Exemplo:
    • Zeiss Officelens Individual = perfil para área de trabalho de inicia em 35cm e pode ser personalizado de 1 até 4m.
    Nas lentes ocupacionais progressivas freeform personalizadas, o consultor óptico fará a anamnese no cliente para obter a distância máxima  e exata que o mesmo precisa em sua área de trabalho entre 1m e 4m. Caso a distância máxima necessária para o trabalho (M.I.D) do cliente "x" seja de 3,25m, o consultor óptico anotará na ordem de serviço: Officelens Individual como M.I.D de 3,25m. Em suma, sua faixa de amplitude será de 35cm a 3,25m.

    Ressaltando que no método freeform o campo visual é mais amplo, pois foi produzido na curva interna da lente, aproximando-o dos olhos do usuário. As distorções neste tipo de lente que são mínimas passam praticamente despercebidas.

    Uau! Agora sim podemos compreender as reais diferenças entre as lentes!
    Finalmente nosso mercado possui um portfólio completo de soluções para os presbitas que desejam usar uma lente ocupacional progressiva como único óculos ou como segundo óculos para maior conforto no uso prolongado a curtas e médias distâncias. Agora, temos valores agregados variadíssimos.

    Tomada de medidas e pedido:

    Com tamanha variedade de lentes ocupacionais progressivas disponíveis, é necessário entender como funciona o pedido e a tomada de medidas ideal, conforme informações cedidas por cada fabricante das lentes mencionadas neste artigo, além das recomendações técnicas Blog do Paulus.

    Lentes: Essilor Interview 0,80 e Essilor Interview 1,30
    1. Dioptria Exigida: perto
    2. DNP Exigida: perto
    3. Altura de Montagem: pupila 
    4. Altura Mínima: 18mm
    5. Informações sobre marcações e grade de receituário, clique AQUI
    Observação: A lente Interview, tanto na 0,80 quanto na 1,30 possui marcação de altura pupilar conforme podemos ver na ilustração abaixo (seta vermelha). Não faça a altura de montagem no limbo ("T" invertido), pois o campo de perto ficará na pupila, a parte inferior da lente ficará com uma dioptria inferior a de perto e a graduação intermediária deixará de existir! 

    Marcação de altura Interview. Clique na imagem para ampliar.

    Lentes: Sola Access 0,75 e Sola Access 1,25
    1. Dioptria Exigida: perto
    2. DNP Exigida: perto
    3. Altura de Montagem: O centro óptico (seta vermelha) precisa ser montado 5mm abaixo da pupila. Alguns ópticos combinam com seus montadores para a altura ser tirada da pupila e o técnico, no ato da montagem faz a descentração, deixando o centro óptico exatamente a 5mm abaixo da marcação da pupila. Recomendo que não seja tirada a altura pelo limbo (contorno da íris) ou pela pálbebra inferior, pois suas distâncias em relação à pupila NEM SEMPRE são de 5mm.
    4. Altura Mínima: recomenda-se uma vertical (borda superior a borda inferior da demolens) mínima de aro de 30mm
    5. Informações sobre marcações e grade de receituário, clique AQUI
    Marcações Lentes Access. Clique na imagem para ampliar.
    Lente: Hoya Desktop 40
    1. Dioptria Exigida: perto
    2. DNP Exigida: longe
    3. Altura de Montagem: pupila (o montador vai "cravar" a sua marcação)
    4. Altura Mínima: 18mm
    5. Informações sobre marcações e grade de receituário, clique AQUI
    Lente: Hoya Desktop 60
    1. Dioptria Exigida: perto
    2. DNP Exigida: longe
    3. Altura de Montagem: pupila (o montador vai descentrar sua marcação 4mm abaixo)
    4. Altura Mínima: 18mm. O Blog do Paulus recomenda a altura mínima de 22mm
    5. Informações sobre marcações e grade de receituário, clique AQUI
    Marcações Hoya Desktop 40 e 60. Clique na imagem para ampliar.

    Lente: Zeiss Officelens - perfis Near e Room
    1. Dioptria Exigida: perto
    2. DNP Exigida: longe
    3. Observação: anotar qual perfil - Near (35cm a 2m) ou Room (35cm a 4m).
    4. Altura de Montagem: pupila (o montador vai "cravar" a sua marcação)
    5. Altura Mínima: não existe altura mínima, pois a progressão será feita de acordo com a vertical total da armação. O Blog do Paulus recomenda uma vertical total mínima de 28mm (18mm da pupila a borda inferior e 10mm da pupila a borda superior)
    6. Informações sobre marcações e grade de receituário, clique AQUI
    Lente: Zeiss Officelens Individual
    1. Dioptria Exigida: perto
    2. DNP Exigida: longe
    3. Observação: anotar a distância intermediária (M.I.D) máxima solicitada pelo cliente, podendo variar de 1 em 1cm de 100cm (1m) a 400cm (4m).
    4. Altura de Montagem: pupila (o montador vai "cravar" a sua marcação)
    5. Altura Mínima: não existe altura mínima, pois a progressão será feita de acordo com a vertical total da armação. O Blog do Paulus recomenda uma vertical total mínima de 28mm (18mm da pupila a borda inferior e 10mm da pupila a borda superior)
    6. Informações sobre marcações e grade de receituário, clique AQUI
    Marcações Lentes Officelens. Clique na imagem para ampliar
    Considerações Finais

    Gostaria de lembrar que as lentes mencionadas neste artigo são as mais conhecidas, mais vendidas e mais tecnológicas disponíveis no mercado óptico brasileiro. Provavelmente você irá encontrar ainda mais lentes disponíveis em marcas próprias de laboratórios digitas, porém não estão associadas a marcas reconhecidas pelo consumidor final, por isso não constam neste artigo.

    As ilustrações das marcações das lentes não possuem dimensões próprias para a impressão e utilização como gabarito. Agora que conhecemos como funcionam as centralizações de cada lente mencionada no artigo, poderei disponibilizar para download todos os gabaritos de conferência. Aguardem!

    Matéria escrita por Paulus Maciel. Direitos reservados.

    As imagens contidas neste artigo são meramente ilustrativas.

    Referências:

    AJUDE O BLOG A SOBREVIVER. USE O PAY PAL E DOE R$10,00 COM SEU CARTÃO DE CRÉDITO. CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO PARA FAZER A SUA DOAÇÃO SEGURA.
     
    Licença Creative Commons
    Entendendo e diferenciando as lentes ocupacionais está licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

    Sessão de Comentários

    Atenção!
    Comentários enviados por e mail ou redes sociais não serão respondidos!
    Favor deixar sua dúvida ou pedido de contato com o autor apenas nesta sessão de comentários do blog.

    recomendamos a leitura

    Paulus Maciel se reserva no direito de usufruir da liberdade de expressão assegurada pela constituição federal:

    Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

    IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação independentemente de censura ou licença